Nossa História

Espaço Criativo

“Todo jardim começa com uma história de amor, antes que qualquer árvore seja plantada ou um lago construído é preciso que eles tenham nascido dentro da alma.
Quem não planta jardim por dentro, não planta jardins por fora e nem passeia por eles.”

historiabg

História…

Essa é a história. Antes eram sonhos e desejos. Queria um jardim, um jardim de voar em altas e largas alegrias. Sabia que era com os pequenos, junto aos de pouca idade, que a vida podia se fazer mais presente e mais feliz. Encontrei o espaço, uni forças e ideias e tudo começou. Tudo bem acanhado, pequeno, pouco, mas extenso em vontade e determinação.

Nesses anos, o jardim cresceu e pude, a cada ano, passear por ele embevecida de amor, vez a vez. Pude viver a alegria de ser criança e todos os seus encantamentos. E ainda há sempre um renovo desses sentimentos porque enxergo a Escola sempre iluminada pelo brilho dos inícios. Entendo que esse será em todo o tempo e em qualquer ocasião, o meu lugar de novos aumentos de amor. É como diz o poeta: “o amor é sede depois de ter bebido.” Reconheço e vivo, muitas vezes, esses afetos nos abraços e sorrisos da Laura, nas asas do Henrique, no jeito com que a Ana Cecília balança os seus cachinhos enquanto fala, em cada coisa nova que o Fábio Filho aprende, na poesia da Ana Catarina , nos encantos da Liz, nas ternurinhas da Bruna, no universo que chega em cada criança, no coração de cada professor, na energia e no entusiasmo da Joseni, na humanidade da Carolina… São imagens de um todo tão imenso, fotografadas no meu coração que me fazem chover. Daí a minha fama de chorona… Sinto-me muito rica por ter tudo isso ao alcance dos olhos. É sempre muito bom, quando no meio de uma manhã uma mãozinha segura forte a minha e me leva para passear no jardim.

Obrigada!!!

Professora Cristina, Diretora Pedagógica da Escola Espaço Criativo
Cristina, com 28 anos, sonhava com uma escola bonita e diferente. Queria um lugar para as crianças serem felizes. Ela, então, comprou da Célia Veiga a escola, que nesse tempo se chamava “Sempre Viva”. Cristina realizou um sonho que cresce cada vez mais e mais.
Henrique, 3º Ano A

A professora Cristina, quando comprou a escola, queria que as pessoas deixassem de acreditar que escola é apenas o lugar de preparar a gente para o futuro. Para ela, escola é lugar de viver agora, espaço verdadeiramente criativo, de vida presente, tão real e bela quanto a que vivemos hoje.
Gabriel, Bruna e Sara, 3º Ano A